Atenção e suas subdivisões.

O conjunto de processamento da seleção de estímulos relevantes e a negligência de estímulos irrelevantes (pelo menos temporariamente) é o que caracteriza a atenção.

Portanto, a atenção é a atividade mental que possibilita o indivíduo sustentar e permitir a passagem de estímulos para regiões de processamento superior (funções executivas) e descartar os estímulos irrelevantes.

E o que é prestar atenção?

prestar atenção é a capacidade de modular a consciência em processos mentais centrados em pelo menos uma única tarefa principal, colocando as demais tarefas em segundo plano.

E em alguns momentos (de acordo com o desenvolvimento de algumas habilidades mentais) ser capaz de direcionar nossa atividade mental na execução de mais de uma tarefa.

Os mecanismos da atenção chegam a atuar de modo dinâmico, seleciona os estímulos sensoriais que chegam pelas diferentes vias sensitivas (audição, olfato, tato,visão, paladar e percepção) e organiza os processos mentais.

A atenção, como uma das funções cognitivas, é requisito básico para a manifestação da intelectualidade e da reflexão.

Já que falamos anteriormente sobre consciência - O que é consciência?

biologicamente pode ser considerada como um estado que o sujeito é capaz de reconhecer a sua própria atividade psíquica e ambiental, percebendo-se como indivíduo e se diferenciando dos objetos que o rodeiam.

Na neuropsiquiatria, consciência pode ser relacionada com o estado de estar acordado e respondendo a estímulos.

Atenção - é uma dimensão da consciência que direciona a capacidade para manter o foco em uma atividade, assim como, também, o esforço voluntário para selecionar aspectos de uma experiência do mundo interno, estamos falando de memória, ou externo possibilitando que a atividade mental se volte para para eles em detrimento dos demais.

A atenção pode ser subdividida em foco / vigilância da atenção e tenacidade da atenção (capacidade de sustentar a atenção onde se necessita).

As subdivisões da atenção

É possível subdividir a atenção de acordo com as funções específicas que ela exerce, podendo ser classificada em:

  • atenção sustentada - é a capacidade que o individuo tem de manter a tenacidade atencional em determinado estímulo ou sequência de estímulos durante um período de tempo necessário para o desempenho de uma tarefa ou resolução de um problema.

  • atenção seletiva - é a capacidade do indivíduo de privilegiar determinados estímulos em detrimento de outros. está ligado a um mecanismo voluntário de orientação da atenção.

  • atenção dividida - é a capacidade de desempenhar duas tarefas simultaneamente, sendo uma delas mediada voluntariamente e a outra, involuntariamente (Exemplo: conversar (esforço cognitivo de processamento consciente) enquanto dirige (processamento automático).

  • atenção alternada - é a capacidade do indivíduo em alternar o foco atencional, ou seja desengajar o foco de um estímulo e engajar em outro, de modo voluntário.

Quer saber como melhorar a atenção dos seus atletas?

Primeiro descubra quais delas ele tem mais e menos dominância.

Depois entenda o que afeta as que ele tem menos dominância.

E a partir dai crie atividades que ajudem a desenvolver e consolidar as atenções que seu atleta mais utiliza e menos utiliza na sua atividade competitiva.


Procure um psicólogo do esporte para que ele através de testes e técnicas consiga dar as respostas adequadas sobre quais atenções os atletas precisam desenvolver e ou melhora-las adequadamente.


Fonte: Gondim, F.A.A; Taunay, T.C.D; Leitão, A.M.F. Neuropsicofisiologia - introdução as neurociências do comportamento humano. 3.ed. - Fortalez: EdUnichtistus, 2016.


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo