A importância da preparação psicológica do atleta - Alcance o estado Flow.


Flow é um estado mental onde o corpo e a mente fluem em perfeita harmonia, é considerado um estado de excelência caracterizado por alta motivação, alta concentração, alta energia e alto desempenho, por isso também chamado de experiência máxima ou experiência ótima do atleta.

No estado Flow, ficamos profundamente envolvidos e absorvidos na atividade que nem percebemos o tempo passar. Ficamos totalmente e inteiramente focados no presente, no aqui e no agora e na atividade que está sendo realizada.

Entretanto, para entrar no estado de fluxo, é preciso estar sempre um degrau além da nossa zona de conforto. É necessário que a atividade tenha um grau de desafio de acordo com nossas habilidades disponíveis. Se não houver desafio, entramos em um estado de relaxamento ou apatia. E se o desafio estiver muito além das nossas habilidades, pode provocar reações de ansiedade, que alimentam nossos conflitos internos, nos tirando do foco do que realmente importa e do momento presente, dificultando, assim, o estado de flow.

É necessário que a atividade seja prazerosa. Assim como o treinamento físico proporciona uma excelência corporal, também podemos atingir o estado de flow com o treinamento mental adequado através de técnicas de respiração, estabelecimento de metas desafiadoras e compatíveis com suas habilidades, focando sempre no aqui e agora e na tarefa que precisa ser executada, eliminando distrações e pensamentos invasivos. Procurando, sempre, se observar e compreender como você reage a diferentes estímulos, assim será capaz de controlá-los de maneira mais consciente.


A medida em que um atleta evolui e aumenta suas habilidades, possivelmente irá atingir elevados níveis em sua carreira com novas conquistas. Conforme os desafios e as competências para realizá-los, maior aumentam, maior é a tendência em atingir um estado de flow. Quando o atleta atinge esse nível, significa que elevou o desempenho ao mais alto padrão e poderá conquistar resultados surpreendentes. No estado flow, não há espaço para distrações ou dúvidas, e a execução das ações se dá num processo espontâneo e sem esforço consciente, quase automático. Corpo e mente estão em perfeita sintonia, eliminando qualquer conflito interno e canalizando toda a energia e atenção na tarefa, independente de qual seja a modalidade.


O estado de flow não é algo natural, é treinar sua mente para alcançá-lo.

Do ponto de vista neurológico, o que acontece é que nosso sistema nervoso tem uma limitação na capacidade de processamento de informações recebidas, e quando o envolvimento com uma atividade atinge um estado tão intenso, o processamento de outras informações fica reduzido. É como se a existência do que não é importante desaparecesse por alguns instantes, e só existisse aquele momento, aquela atividade, o “aqui e agora”. Vivenciar esta experiência representa a excelência no desempenho.


Este estado flow se manifesta principalmente quando o atleta está realizando uma atividade prazerosa, na qual pode dar seu melhor, que apresente desafios a altura das suas capacidades de execução, nem excessivos nem baixos demais. Desafios além da capacidade podem causar ansiedade e preocupações, e baixos demais podem desmotiva-lo. Deve haver equilíbrio entre a complexidade da atividade e as habilidades apresentadas ou disponíveis. E quanto mais desafiadora a tarefa for, e maior a capacidade de realizá-la, maior a tendência em alcançar o estado de Flow. Mas é necessário estar ciente que é normal estarmos em conflito entre razão, emoção e ação: pensamos uma coisa, sentimos outra, e agimos de maneira diferente das duas. Essas disputas internas consomem energia e causam estresse e desgaste. Quando nos envolvemos em uma atividade que nos dá prazer, corpo e mente entram em harmonia.


Gráfico: o eixo horizontal representa nosso nível de habilidades e o eixo vertical representa os desafios diante de nós. Quanto maior o desafio e nosso grau de competência, maior a tendência em encontrar flow


O estado de Flow é uma capacidade que pode ser desenvolvida com o treinamento mental adequado. Assim como o treinamento físico proporciona a excelência corporal, o treinamento mental contínuo e bem conduzido desenvolve as capacidades necessárias para buscar os estados mentais ideais para o melhor desempenho, colocando mente e corpo nos mesmos níveis para que possam trabalhar em harmonia. Aspectos como concentração e controle da ansiedade podem, e devem, ser aprimorados para elevar o desempenho, habilidades, as capacidades e os desafios, e tornar o estado de Flow mais possível. Alguns exercícios podem auxiliar nesse processo.


Visualização Mental - O corpo só vai onde a mente já esteve, antes do exercício ser executado fisicamente ele é executado mentalmente. Antes de executar algo, faça um exercício mental de visualização detalhada da atividade, incluindo os movimentos e ações que serão realizados. Apesar de parecer simples, exige grande esforço mental e concentração, e proporciona uma familiarização com a situação, o que ajuda a reduzir os níveis de ansiedade. Para entender melhor esta técnica, dê uma olhada no post sobre “Atitude Mental: a conexão entre o pensar e o agir.

MindFulness - Exercícios de respiração são poderosas ferramentas. Uma respiração profunda, controlada e consciente, ajuda a eliminar pensamentos distratores, o que melhora a concentração.

 Estabelecimento de metas - Estabeleça metas desafiadoras, mas compatíveis com suas capacidades. Esteja engajado em todo o processo do desafio, dê um passo além da zona de conforto, em direção a zona de desempenho ideal. Você se transforma durante o processo, pois o desafio promove transformações,

MindFulness - Foque no aqui e agora. Quando estiver realizando algo, procure concentrar a atenção no momento presente e naquilo que precisa executar, eliminando distrações.

Percepção corporal - Procure se observar e compreender de que forma você reage a diferentes estímulos. Assim, será capaz de controlá-los de maneira mais consciente.


Agora que compreendemos melhor e como se manifesta o estado de Flow, podemos destacar alguns elementos e sensações que o caracterizam:

  • foco e concentração- Estar completamente envolvido no que se está fazendo;

  • Um sentimento de êxtase, de estar fora da realidade do dia a dia;

  • saber o que deve ser feito e quão bem estamos, promove um feedback imediato e uma maior claridade interna;

  • Saber que nossas habilidades são adequadas e possíveis para a realização de uma tarefa e /ou atividade;

  • Um sentimento de serenidade, de estar crescendo sem preocupações que vão além dos limites do ego;

  • um sentimento de estar totalmente focado no momento presente; uma percepção de estar além da dimensão temporal,

  • Saber que a motivação é intrínseca e que o Flow é a nossa própria recompensa, independente do elemento que o produz.

Estudos mostraram que o cérebro antecipa uma ação em média 3 segundos antes que ela ocorra, preparando o corpo como um todo – músculos, hormônios, glândulas – para a melhor resposta. Além disso, não existe no cérebro uma distinção clara do que é realidade e fantasia. Pesquisas da neuropsicologia realizadas na Universidade do Texas, observaram que certos movimentos corporais ativavam determinadas áreas do cérebro, e o ato de imaginar o movimento também ativava as mesmas áreas, como se o movimento estivesse realmente sendo executado. Ou seja, essa técnica da visualização criativa pode ser bastante eficaz, pois ativa e prepara o corpo da mesma forma.


Encontrar tarefas e atividades que nos proporcionem vivenciar o estado de Flow significa encontrar nossa motivação interna e o que nos incentiva, isso nos move, da sentido à vida, e nos torna mais conscientes de nós mesmos e de como nos relacionamos com o mundo. Essa capacidade nos ajuda a estarmos bem conosco mesmos, e desenvolver uma postura mais positiva em relação à vida, às pessoas com as quais convivemos e o mundo a nossa volta. Em uma perspectiva mais ampla, estes seriam os alicerces para uma sociedade em que a população está altamente engajada e apaixonada por aquilo que faz.


Assumir essa atitude mental, de estado flow, consiste em aprender a colocar sua mente para trabalhar a seu favor, e quando chegar o momento de agir, concentrar a atenção e colocar em prática tudo o que a mente programou previamente, confiante na sua execução. O foco deve estar voltado exclusivamente para os movimentos e ações que serão realizados, e quando essa capacidade é desenvolvida a execução se torna automática, uma repetição, e o atleta se coloca por inteiro na ação, e não nos pensamentos que possam lhe ocorrer.


Auto confiança e determinação podem trazer bons resultados. Mas superestimar suas capacidades pode resultar em frustrações quando os resultados esperados não são atingidos. É preciso conhecer suas potencialidades, para utilizá-las da melhor maneira possível, e também suas limitações, para respeitá-las e encontrar formas de superá-las. A consciência de si mesmo também é fundamental.


Referencias

Mihaly Csikszentmihalyi: Estado de Flow (fluxo) como elemento de realização e alta performance:

A Descoberta do Fluxo – Mihaly Csikszentmihalyi, 1999.

Arata academy - http://www.arataacademy.com/port/mihaly-csikszentmihalyi-estado-de-flow-fluxo-como-elemento-de-realizacao-e-alta-performance/







15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo